Portugal Energia Rebranding

MARCAS

OBJECTIVO

Construção de marca umbrella para “Portugal Energia”, que pretende ser a referência nos projetos do setor da energia.

Esta marca, irá agregar sob a sua tutela mais duas outras marcas (três, num futuro próximo), que lhe são filiados, porém com objetivos distintos.

Criar um fio condutor visual e conceptual, de forma a estabelecer uma coerência gráfica foi o desafio.

PROBLEMA

Estamos a trabalhar um setor cuja matéria base é algo etérea e difícil de compreender, ainda que faça parte de tudo o que nos rodeia – Energia.

De igual forma, é necessário que o público compreenda de forma clara a razão de ser destas marcas e os objetivos a que se propõem, que têm fundamentalmente, um carácter regulador de serviços e fornecimento, de defesa isenta dos interesses dos consumidores de energia nas suas diversas camadas.

SOLUÇÃO

Criar uma marca coesa, versátil e que potencie os valores que se pretendem associados às novas marcas, com a chancela do Portugal Energia.

Dinamizar a marca e leva-la junto aos diversos públicos em diversas utilizações.

PORTUGAL ENERGIA

CINERGIA

OBSERVATÓRIO

A energia está na base da criação universal e num cenário de moléculas e átomos de formas dinâmicas, mais ou menos orgânicas, que se aglutinam, se espremem e expandem num jogo de manchas indefinidas e ao mesmo tempo harmoniosas, nasce a base da proposta de Logotipo para a Portugal Energia e suas Sub-marcas.

Numa física de proporções e formas, temos a base cromática nacional, ela mesma fonte de energia com uma paleta quente e inâmica, associada a formas orgânicas e vivas que passam energia nas suas várias formas e feitios.

A cada marca se associa um símbolo e um ícone satélite, que nos oferece mais dinamismo e muita versatilidade em adequações futuras, gráficas ou animadas. Respetivamente: o E de Energia, com a designação do país PT.

A energia democratiza-se e torna-se mais acessível e transparente para todos, estando assim e por via da Portugal Energia, mais próxima de cada cidadão, empresa ou instituição.

A expressão “transparente” reveste-se de um duplo sentido.

A transparência nos processos, em todas as etapas e na forma isenta com que o setor é trabalhado a nível estatal. Por outro lado, a transparência pelo conhecimento junto dos diversos públicos alvos, a proximidade que se estabelece e a forma com que se passa a dominar o conhecimento o mercado, a sua atuação e conteúdo. Perceber, em última análise, o que é a energia e em que medida ela é utilizada por cada um de nós.

A assinatura proposta, visa enquadrar as sub-marcas da Portugal Energia e consequentemente as suas assinaturas, criando com elas uma base de continuidade sustentada, em que cada uma expressa de forma clara a sua área de atuação.

Ao nível do tom e linguagem, propomos um equilíbrio entre o institucional, mais sério e formal e o pessoal, mais próximo e descontraído. Neste exercício aplicamos respetivamente valores como a transparência e a proximidade e democratização do setor.

Apresentação da identidade Portugal Energia com diferentes acabamentos.

Nomeadamente aplicação em tecido (bordado), aplicação em cartão alta gramagem (cunho cego) e aplicação em capa dura (cunho e impressão).

Levar a energia sob o ponto de vista de formação e informação a todos, ensinar energia e consciencializar as várias gerações sobre esta temática tão vasta quanto, por vezes, intangível.

Aprender sobre energia, fornece ferramentas para o seu melhor uso e isso aplica-se a qualquer consumidor. Com base nesta premissa do Cinergia, a ideia a passar de forma clara e imediata é a de aprendizagem.

ENTENDER A ENERGIA

ENERGIA NO MEU PAÍS

ENERGIA EM CASA

MOBILIDADE

Informação entendida como conhecimento e este último, como força motriz de desenvolvimento, como energia do saber.

Na era da informação, em que tudo está ao alcance de um dedo, o Observatório vai um passo à frente e oferece a energia da informação, com todos os dados necessários, sobre o setor energético em tempo real, numa plataforma digital e totalmente acessível.

Estar informado potencia a energia com que apreendemos o mercado, as escolhas que fazemos e a forma como utilizamos os recursos.

Sabendo que o Observatório vai ter um papel fundamental de desenvolvimento e interação a nível online, integrámos no ícone satélite uma forma (nuvem/cloud) que é sobejamente reconhecida no meio digital e de rápida associação a armazenagem de dados.